GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Uso de contêineres cresce em construções no Brasil


A busca por alternativas mais sustentáveis está crescendo em todo mundo, inclusive no Brasil. Uma delas é na área de obras:  contêineres são usados em construções como residências. A procura pelos contêineres aumentou tanto que os preços duplicaram.

Especialistas estimam que uma casa construída com base neste tipo de material pode durar até 90 anos. A arquiteta Lívia Ferraro, de Florianópolis, elaborou junto com seu sócio Lair Schweig a construção de dez casas com os módulos, sem deixar de lado a inovação arquitetônica.  “Nós já fizemos desde casas compactas, de dois contêineres, até residências de 250 metros quadrados. Costumamos dizer que é como brincar de lego. Só precisamos descobrir novas maneiras de ir encaixando as peças” - disse a especialista ao Morar Bem.

Já o arquiteto paulista Danilo Corbas construiu sua própria casa utilizando quatro contêineres marítimos e resolveu abrir o espaço à visitação. Segundo Corbas, a economia na obra fica em torno de 35%, se comparada a uma construção tradicional. “Normalmente, quem tem disposição de morar num lugar diferente é alinhado à questão da sustentabilidade, mas também quer economizar” - alegou.

Poupar dinheiro não é o único benefício das construções com esse material. O uso dos módulos como base é muito mais rápido e leva cerca de 60 a 90 dias. A empresa holandesa  Tempohousing  criou uma vila de estudantes com contêineres em Amsterdã, em 2005, para três mil pessoas, e aposta no Brasil nos próximos meses para vender seus produtos, que incluem ainda escritórios e hotéis.

Fonte:
Globo.com, Morar Bem


01 de março de 2012