GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Universidades brasileiras terão sustentabilidade na grade curricular


Apesar das criticas ao documento final da Rio+20 sobre o desenvolvimento sustentável, nem tudo está perdido. Diversos eixos da sociedade já começaram a se mobilizar por um mundo melhor, como os  sistemas de ensino das universidades brasileiras, que irão incluir o tema sustentabilidade no currículo acadêmico a partir de 2013.

O projeto foi um dos compromissos voluntários anunciados pelo Brasil durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio+20.
De acordo com o conselheiro do Conselho Nacional de Educação e pró-reitor da Fundação Getulio Vargas, Antônio Freitas Jr., a ideia é que, no futuro, a disciplina seja incorporada também da pré-escola ao ensino médio. “Não faz sentido ensinar finanças sem ensinar ética ou meio ambiente. Educação superior é o começo, mas tem que ser em todas [as séries]. Incentivo a todos que façam ações. Não é só compromisso financeiro, precisamos de comprometimento dos governos” - disse.

Freitas alegou que a iniciativa já foi publicada no Diário Oficial da União  e que o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, assinou simbolicamente o compromisso durante a Rio+20. “A sustentabilidade permeia todas as áreas, os enfoques é que são diferentes. Por exemplo, foi descoberto que o gás que sai do motor a diesel causa câncer. Então, um engenheiro mecânico tem que saber muito mais sobre esse assunto. Também tem a ver com economia, pois o assoreamento dos rios tem um custo”- alegou o conselheiro.

Fonte:
Exame


26 de junho de 2012