GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Transporte solar leva turistas pelos campos da Hungria


O turismo é um setor com grande impacto na economia portuguesa, contribuindo com mais de 8% do PIB nos últimos anos, acima da média europeia que se situa perto dos 4%. Uma das grandes apostas deste setor tem sido os passeios turísticos, tanto nas cidades como recorrendo a linhas férreas desativadas.

Surgiu, portanto, na Hungria um projeto interessante que combina o turismo com economia verde. “Vili” é o nome de um trem turístico de carruagem única, criado pela Ipoly Forest Company, que utiliza a energia produzida por um painel fotovoltaico (solar), instalado no teto da carruagem, com uma área de 9 m².

Como não depende de uma central elétrica, o Vili não necessita de fios para conduzir a energia, o que acontece com os bondes elétricos tradicionais, que recorrem à energia da rede ou de uma central solar fixa, sendo exemplo o trem que faz a ligação Paris-Amsterdão (parte da linha).

A sua capacidade de uso e armazenamento energético contorna assim uma das maiores limitações deste tipo de veículos, em que é necessário tempo para recarregar as baterias. A tecnologia permite ainda a recuperação e armazenamento de energia em frenagem, um sistema semelhante ao usado nos atuais carros de corrida da Formula 1, o que torna o comboio 100% autonomo.

Com uma velocidade média de 25 km/h, permite um passeio relaxante enquanto se admiram as paisagens, num meio de transporte em que nenhum dos componentes usa qualquer tipo de energia poluente protegendo assim a área protegida onde circula, perto das margens do Danúbio.

Fonte:
Noctula Channel


09 de outubro de 2014