GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Rio recebe a primeira Bolsa Verde do país


Em cerimônia no Palácio Guanabara, o Estado juntamente com a Prefeitura e  a BVRio assinaram ontem, 20, um acordo de cooperação para desenvolver um mercado de ativos ambientais, com a missão de promover economia verde no estado.

O convênio sela a criação da primeira Bolsa Verde do país, com sede no município do Rio de Janeiro e início de operação previsto para abril de 2012. À frente da empreitada estão a Secretaria de Estado do Ambiente, a Secretaria de Fazenda do Município do Rio e a BVRio (associação civil sem fins lucrativos).

De acordo com o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc, a Bolsa Verde também será incluída no projeto de governo do Estado chamado Distrito Verde. O projeto reunirá algumas empresas de tecnologia e infraestrutura verde em terrenos na Ilha de Bom Jesus, Ilha do Fundão.

“A bolsa de ativos verdes comercializará créditos de carbono, de reposição florestal. E, com isso, empresas serão obrigadas a refazer a floresta e outras que têm áreas reflorestadas poderão vender seus créditos. Na verdade, você introduzirá um elemento de mercado que valoriza as empresas que conseguem cumprir além das metas de redução ou de reflorestamento”, explicou Minc.

A secretária Municipal da Fazenda, Eduarda La Rocque, alegou que a ação trará benefícios para o meio ambiente e para a economia em geral.

“O Rio tem tudo para ser a capital verde do mundo. Essa parceria será de muito sucesso, pois seremos referência internacional econômica e ambiental”, afirmou Eduarda.

Saiba mais:
Governo do Rio de Janeiro


21 de dezembro de 2011