GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Reciclagem é coisa séria


Um ótimo exemplo vindo do interior de Santa Catarina, mostrando que reciclagem deve ser entendida como política de governo, tão importante quanto outras medidas mais populares.

 

Uma vez por semana, o caminhão da prefeitura passa em toda a área urbana e parte da área rural do município de Rio do Sul, localizado na região do Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina. Nele, além do motorista, vão dois coletores encarregados de recolher os materiais separados pela população para reciclagem. Quem coloca corretamente os resíduos na lixeira (tanto nas residências quanto no comércio e na indústria) conta com um incentivo a mais: desconto de 15% na taxa de coleta de lixo.

 

Para isso, os recicláveis devem estar limpos, secos e acondicionados em sacos plásticos resistentes e fechados. "Como não há cooperativa de catadores na cidade, os materiais coletados são vendidos de forma não triada. A triagem, armazenamento e venda estão sob responsabilidade do comprador", explica André Lança Marcon, secretário de Planejamento, Urbanismo e Meio Ambiente do município que tem 61 mil habitantes.

 

Os resíduos domiciliares e comerciais não recicláveis são enviados a um aterro sanitário particular, contratado pela municipalidade em 2005. A prefeitura de Rio do Sul, assim como as demais prefeituras do Alto Vale do Itajaí, também participou de uma iniciativa do Ministério Público Estadual para coleta de produtos eletroeletrônicos. Para isso, disponibilizou aos moradores um ponto de entrega voluntária, onde foram arrecadados quase 30 toneladas de materiais.

 

Para ler a matérias na íntegra, acesse CEMPRE.


25 de agosto de 2011