GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Próxima tentativa de votar o Código Floresta será hoje


O polêmico projeto do deputado do PC do B Aldo Rebelo de reforma do atual Código Florestal provoca várias manifestações: muitas contra, outras a favor. As reações partem de movimentos ambientais e do próprio governo federal em contraponto a ruralistas.

Esta já é a segunda tentativa de votação:  a primeira foi no último dia 8, depois de um requerimento de urgência apresentado pelo deputado Sandro Mabel (PR-GO).

Entre aqueles que são contra a reforma do atual códico está a ministra do meio ambiente Izabella Teixeira. O site da Frente Parlamentarista Ambientalista publicou a seguinte declaração da ministra "O MMA já devia ter feito a proposta há, pelo menos, um ano. O atual texto do PL está totalmente desconectado da questão ambiental e climática do planeta."

Em defesa deste projeto, "a senadora Kátia Abreu, da bancada ruralista, (presidente da CNA - Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) argumenta que o novo texto impõe desmatamento zero por cinco anos (o que os ambientalistas não destacariam). Ela também afirma que se o novo Código não for aprovado, 90% dos 5 milhões de propriedades rurais permanecerão na ilegalidade injustamente, pois suas áreas foram ocupadas antes da vigência do (atual) código e suas posteriores modificações".

Momento decisivo para o Código Florestal Brasileiro.

Fontes: Planeta Sustentável e Frente Ambientalista Parlamentarista

 


13 de dezembro de 2010