GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Poluição no Ártico


Uma pesquisa realizada pela oceanógrafa inglesa Clare Miller, revela que o lixo produzido pelos grandes centros urbanos pode estar afetando as águas do Ártico.

 

Em uma hora dentro do mar de Barents, uma das regiões mais remotas do oceano, Miller coletou pedaços minúsculos de plástico e nylon. Barents fica a noroeste do arquipélago de Svalbard, Noruega, a menos de 1.300 km do polo Norte.

 

Os indícios já eram previsíveis, mas a coleta, feita a bordo do navio Arctic Sunrise, do Greenpeace, revela pela primeira vez que há grandes chances de o Ártico também estar contaminado por lixo.

 

Porém, a descoberta é preliminar, apenas quatro amostras foram coletadas, e ainda serão analisadas em Exeter, Reino Unido.

 

Independente dos resultados da análise, a mera existência de plástico nas águas supostamente límpidas do Ártico, já significam motivo de preocupação para cientistas e ambientalistas.

 

Leia a matéria na íntegra em Folha.com.

 


12 de setembro de 2011