GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Política Nacional de Resíduos Sólidos na prática


A Política Nacional de Resíduos Sólidos procura unir benefícios ambientais a ganhos sociais ao identificar o trabalho das cooperativas de catadores como um importante elo na cadeia da reciclagem. Em Miguel Pereira, cidade de 36 mil habitantes do estado do Rio de Janeiro, esse princípio está sendo observado à risca. "Começamos a Coleta Seletiva Solidária em junho de 2010, com a criação da Associação dos Catadores do Alto da Serra, formada exclusivamente por ex-catadores do 'lixão da serra' que está sendo desativado em setembro deste ano, com a entrada em operação de nosso aterro sanitário", conta Mauro de Alvarenga Peixoto Gonçalves, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

 

O início desse trabalho demandou persistência por parte da prefeitura. "Precisávamos dar aos catadores do lixão uma alternativa viável para sustentar suas famílias de forma limpa e saudável. Mas houve muita resistência à mudança", lembra Mauro. Para viabilizar a iniciativa, a prefeitura acionou três importantes parceiros: a Gerência de Educação Ambiental do INEA, o Movimento Nacional dos Catadores e o Sebrae.

 

"O pessoal do INEA e do Movimento, inclusive com alguns catadores do Jardim Gramacho, nos ajudou a abrir o diálogo e seguir adiante", completa o secretário. "No lixão, havia 25 catadores e onze vieram montar a associação. Hoje, os que não quiseram participar já estão procurando a cooperativa, mas essa é uma decisão deles. Nós apenas acompanhamos, sugerimos e aconselhamos, mas não temos ingerência sobre suas atividades. Eles coletam, separam, vendem os recicláveis e distribuem os recursos."

 

Confira a matéria na íntegra no portal CEMPRE.

 

A CEMPRE é parceira do GreenNation na busca por um mundo mais sustentável.

 


01 de setembro de 2011