GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

POLÊMICA Os vários aspectos da Proibição das Touradas na Catalunha


O parlamento catalão aprovou em 28 de julho, com grande maioria dos votos, o decreto de proteção dos animais. A medida causou polemica, pois implica necessariamente na proibição das Touradas na província espanhola. O movimento teve inicio fora do parlamento, fruto de uma iniciativa popular, através de uma petição assinada por mais de 180 mil pessoas, considerando as Touradas uma forma antiquada de expressão cultural.
 

A lei só entra em vigor a partir de janeiro de 2012, porem já foi motivo de comemorações e protestos na Espanha e no mundo. A medida foi aplaudida por militantes dos direitos dos animais em todo, em especial pela plataforma “Basta!”, responsável pela petição enviada ao parlamento. Porém os fãs das touradas não ficaram nada satisfeitos, e consideraram a decisão “autoritária”.
 

Além das opiniões relacionadas diretamente com o evento, há quem encare a decisão do parlamento catalão apenas como manobra política. Grupos conservadores afirmam que o decreto não passa de uma vingança após a rejeição no fim de junho, pelo Tribunal Constitucional, de parte do novo estatuto ampliado de autonomia da Catalunha. Segundo a presidente regional de Madrid, Esperanzza Aguirre, a medida que implica na proibição da Festa Nacional Espanhola "nada tem a ver com proteção do meio ambiente nem com os maus-tratos dos animais", mas busca "romper laços entre a Catalunha e o resto da Espanha".
 

Política ou não, a decisão alegra a todos que defendem uma relação mais harmônica com os seres vivos e com o meio ambiente. O que você achou da proibição das touradas? Comente e deixe sua opinião.


11 de agosto de 2010