GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Pegada Ecológica: países desenvolvidos são os que mais consomem recursos naturais do planeta


 

Já escutou falar no termo pegada ecológica? Trata-se de um método adotado pela ONG Global Footprint Network (GFN) que quantifica o volume de recursos ecológicos consumidos por uma cidade, país, ou pessoa. A medida é feita pelo número de hectares globais, área que mede a quantidade de recursos renováveis que cada pessoa utiliza para compensar o seu hábito de consumo.
 
De acordo com o relatório “Ecological Footprint Atlas 2010”, a pegada ecológica geral do planeta é de 2,7 hectares globais por habitante (em inglês global hectare, sigla gha), mas o limite estabelecido pela ONG para manter a sustentabilidade na Terra é de 1,78. 
 
O engenheiro agrônomo da ONG Ecossistemas, Fabrício de Campos, alegou que um dos fatores que interfere no índice é a biodinâmica. “Quanto mais desenvolvido é um país, e quanto menor é a sua biocapacidade, que corresponde aos recursos ecológicos para satisfazer as necessidades de consumo do homem e capacidade de assimilação de seus resíduos, maior é a sua pegada ecológica” - explicou.
 
Baseado em dados Já os dados do “Ecological Footprint Atlas 2010”,o relatório “Planeta Vivo”, publicado em 2010 pela ONG WWF-Brasil, mostram que os vinte países que tem a maior pegada ecológica são: Emirados Árabes Unidos (10,68 gha), Qatar (10,51 gha), Dinamarca (8,26 gha), Bélgica (8,0 gha), Estados Unidos (8,0 gha), Estônia (7,88 gha), Canadá (7.01 gha), Austrália (6,64 gha), Kuwait (6,32 gha), Irlanda (6,26 gha), Países Baixos (6,19 gha), Finlândia (6,16 gha), Suécia (5,88 gha), República Tcheca (4,41 gha), Macedônia (5,66 gha), Letônia (5,64 gha), Noruega (5,56 gha), Mongólia (5,53 gha), Espanha (5,42 gha) e Grécia (5,39 gha).
 
Fonte:
 


16 de abril de 2012