GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

O que Harry Potter tem a ver com o tráfico de corujas indianas?


Segundo o documento, 15 das 30 espécies de corujas nativas do território indiano são caçadas e vendidas vivas para serem usadas em rituais de magia negra – mas algumas vão parar nas casas dos pequenos pottermaníacos, como conta Abrar Ahmed, relator do documento.
 

O autor do relatório, Abrar Ahmed, escreveu que decidiu investigar o comércio de corujas depois que um amigo pediu a ele para ajudar na busca por uma coruja branca, viva, para a festa de aniversário de seu filho de dez anos, cujo tema seria a série Harry Potter.
 

"Este foi, provavelmente, o pedido mais estranho que já recebi", escreveu Ahmed.
 

O relatório ainda indica outros fatores de risco para as corujas indianas, segundo o relatório, são os rituais de magia negra, que costumam sacrificar as aves em dias “auspiciosos”.
 

O tráfico de animais selvagens está proibido na Índia desde 1972, porém cerca de 1023 corujas (ou partes delas) foram identificadas por Abrar Ahmed em 16 anos de investigação, em sua procura nos mercados negros indianos.
 

Confira mais informações sobre o relatório no site da BBC Brasil
 

Fonte: Planeta Sustentável; BBC Brasil


13 de novembro de 2010