GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Mineirão considera os três pilares da sustentabilidade em sua reforma


A redução do impacto ambiental é importante. Assim como o estádio cearense do Castelão, o Mineirão segue padrões de sustentabilidade para o setor da construção civil. No caso do estádio mineiro, esses padrões são definidos pela ONG GBC-Brasil - Green Building Council Brasil. Assim, fica mais fácil de obter a certificação Leed de construção sustentável assim como a homologação pela Fifa - Federação Internacional de Futebol.

As seguintes providências foram tomadas na reforma do estádio mineiro:

- doação das antigas cadeiras do Mineirão para arenas esportivas do interior mineiro;
- reaproveitamento do antigo gramado para projetos sociais do governo;
- reutilização dos resíduos da demolição do estádio em outras obras públicas;
- uso da água da chuva para irrigação e limpeza do Mineirão e
- implantação de sistema de captação de luz solar para geração de energia.

Porém, outros aspectos são levados em consideração: responsabilidade cultural e social.

Houve um cuidado especial para modernizar e, ao mesmo tempo, conservar um patrimônio de 46 anos. A fachada é tombada e será mantida. A harmonia entre o estádio e seu entorno "verde" também foi considerada no projeto.

Entre os 1500 operários que trabalham na obra há detentos, adultos em processo de alfabetização que têm nesse empreendimento uma boa oportunidade de emprego, grupo de mulheres operárias entre outros. Desta forma, a obra do estádio transforma-se em uma obra social.

A inauguração do estádio reformado está prevista para o dia 21 de dezembro de 2012.

Fontes:

Evento Sustentável

Planeta Sustentável

Novo Mineirão

 


17 de dezembro de 2012