GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Lixo eletrônico vai gerar emprego e renda na Rocinha


 

Dar utilidade ao lixo eletrônico e gerar emprego, essa é a ideia do projeto Fábrica Verde, inaugurado nesta quinta-feira, 17, pela Secretaria Estadual do Ambiente. A intenção é capacitar jovens das comunidades pacificadas a transformarem computadores velhos em novos equipamentos.
 
Jovens interessados em fazer o curso de montagem e manutenção vão receber uma bolsa de estudos mensal de R$ 600 e os 12 melhores alunos passarão a trabalhar como monitores nos telecentros comunitários.
 
De acordo com a coordenadora do projeto, Ingrid Gerolimich, 360 alunos  no Complexo do Alemão já foram capacitados e trabalharão como monitores na Rocinha. "O projeto foi feito para aliar a questão da geração de emprego e renda, um dos grandes problemas das comunidades, com a consciência socioambiental".
 
A  artesã e moradora da Rocinha, Rosineldi Félix, alega que ações como essas são importantes para dar oportunidades de trabalho aos jovens que por muito tempo conviveram em meio a violência. "O governo está tentando chegar mais, não com polícia, mas com obras sociais, que a comunidade deseja mais do que policiais" - disse Rosineldi.
 


18 de maio de 2012