GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Iluminação e sustentabilidade: conexão possível


Marcos Santos, Guinter Parschalk, Ricardo Cabús e Leila Lemgruber Queiroz participaram do debate.

Marcos Santos, da OSRAM, exemplificou porque optar por LEDs é uma opção ecológica. Alguns argumentos: são mais eficientes, têm vida longa, não há mercúrio: metal pesado perigoso, por isso contaminam menos. O processo de reciclagem dos LEDs é mais fácil e mais completo do que das lâmpadas de mercúrio. Vários elementos são reaproveitados. Ao terminar, listou projetos de LEDs realizados pela OSRAM no Brasil: Polishop, agência do Banco do Brasil, nova iluminação do Cristo, entre outros.

Guinter Parschalk, arquiteto com pós-graduação em desenho industrial na Áustria, descreveu sistemas que integram a luz natural com a luz elétrica. Aconselha aproveitarmos o que cada solução oferece de melhor e não indica soluções importadas em larga escala.

Ricardo Cabús, Engenheiro Civil, PhD em Arquitetura, mestre em Engenharia Civil e especialista em Computação, afirma que um bom projeto de iluminação deve considerar o uso da luz natural. Isso reduz o consumo de energia por edificações. Além disso, uma boa vista revela a beleza do exterior.

Conciliar sistemas de iluminação e práticias sustentáveis não é trivial, pede criatividade e nem sempre é barato mas, se soluções "verdes" forem incentivadas e usadas em larga escala o cenário muda para melhor.

Palestrantes discutem iluminação e sustentabilidade no Green Nation Fest!


07 de junho de 2012