GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Gênio de 19 anos cria engenhoca para limpar oceanos


Com apenas 19 anos de idade o garoto holandês Boyan Slat criou um sistema capaz de separar e recolher parte do lixo que encontra-se nos oceanos. O projeto foi divulgado em um site de financiamento colaborativo a fim de botar seu plano em prática, e em 100 dias Boyan precisará arrecadar em torno de US$ 2 milhões para tocar sua ideia adiante. Parece impossível? Por o garoto já conseguiu ¼ do valor estabelecido.

Boyan conta com uma equipe de aproximadamente 100 pessoas que o auxiliam a elaborar um estudo de 528 páginas para provar que o sistema é viável de ser aplicado. O sistema consiste em um conjunto de barreiras flutuantes em forma de V que, ao serem ancoradas no fundo do mar, fariam uma varredura com seu 30 quilômetros de braço a uma profundidade de 3 metros.

Com essas especificações, Boyan garante que a vida marinha não sera atrapalhada e o formato da engenhoca não interferiria em nada por não utilizarr redes. Segundo o estudo que ainda está em andamento, seriam recolhidos dos oceanos 65 m³ de lixo por dia e que ao acumular a carga de dejetos por 45 dias seria limpada por um navio.

A única falha encontrada no projeto é o simples fato de não coletar partículas consideradas minúsculas, ou seja, que possuam menos de 0,1mm; mas com tantos benefícios, esse não será um grande obstáculo até porque com a redução dos lixos maiores essas partículas reduziriam ao longo do tempo por haver menor choques entre as partículas maiores. E como se não fosse já o suficiente, o projeto ainda é auto financiável, ou seja, o único custo seria sua construção já que o preço de sua manutenção seria pago com a reciclagem do material retirado das águas.

Fonte:
Olhar Digital


17 de junho de 2014