GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Fim de ano e sustentabilidade


As tão esperadas festas de fim de ano geralmente são convidativas a certos exageros. A ideia de compensar todo o trabalho e esforço dispensado ao longo do ano torna-se uma ótima desculpa para algumas atitudes irresponsáveis. Mas comemorar não é o problema, a questão é como comemorar sem contribuir para a degradação do planeta?

Durante as festas de Natal e Ano-Novo o consumo e a geração de resíduos aumentam em até quatro vezes. O que podemos fazer para não deixar que as nossas festas se tornem prejudiciais ao meio ambiente?

Algumas medidas simples podem ser tomadas na hora de organizar a festa e também na hora da limpeza.

De acordo com o Programa Desperdício Zero - coordenado pela Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - uma das ações mais importantes é separar os resíduos secos dos resíduos molhados. 'Os resíduos orgânicos como, por exemplo, restos de alimentos nunca devem ser dispostos na mesma lixeira onde estão latas, plásticos e papelão. Este tipo de material deve ser previamente separado e limpo pela população para que possam ser comercializados com um bom valor de mercado pelos coletores', explica o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jorge Augusto Callado Afonso.

Materiais como plástico, papel, papelão, latas, caixas e garrafas devem ser colocados para a coleta seletiva em sacos separados, se possível. Nos municípios onde existem cooperativas de coletores, a prefeitura encaminha o material reciclado diretamente para estes locais ou, no caso de materiais não reaproveitáveis, eles são enviados para o aterro sanitário para o descarte correto, evitando a poluição do meio ambiente.

Ao comprar os produtos, você pode escolher artigos sustentáveis e com o menor número de embalagens. Pode também dar preferência às marcas e lojas que estão se esforçando para reduzir as emissões de carbono e que estão preocupadas com as questões ambientais; evitar as sacolas plásticas oferecidas pelos estabelecimentos; levar sua própria ecobag quando for às compras de Natal, feira ou supermercado. O plástico representa a maioria do lixo nos oceanos e causa a morte de 100mil mamíferos marinhos a cada ano.

Para a ceia os produtos orgânicos são recomendados, pois além de refletirem na sua saúde, o produto orgânico é comprometido com o equilíbrio da natureza em sua produção.

Ao organizar a festa, você pode evitar o uso de pratos, talheres e copos descartáveis. Sujos, eles não são reaproveitados totalmente. Além de mais barato, utilizar louça convencional é bem mais sustentável. Evite também o uso de balões e outros enfeites descartáveis. Procure decorar o ambiente com artigos como travessas, vasos, flores, folhas e tecidos. Os fogos de artifício também podem representar uma grande ameaça para o meio ambiente, seu uso deve ser evitado, ou pelo menos moderado de forma consciente, já existem marcas que produzem fogos de baixo impacto ambiental.

Na hora de arrumar a “bagunça”, você pode descartar corretamente as embalagens vazias, limpando-as e separando-as por tipo de resíduo. Papelão, plástico, alumínio.

Existem várias formas de reduzir o impacto ambiental das festas de fim ano, e isso não torna sua comemoração menos especial, pelo contrário, agrega valor e significado e colabora com um ano realmente novo, com novas possibilidade e mais sustentável.

 

fontes: SEMA; Novo Ciclo


28 de dezembro de 2010