GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Estados Unidos terá controle ambiental mais rígido


A falta de regras ambientais nos Estados Unidos  pode estar com os dias contados. Uma decisão da justiça americana definiu que a determinação da Agência de Proteção Ambiental do país (EPA) de considerar os gases de efeito estufa como poluentes, de acordo com a Lei federal do Ar Limpo, deve ser mantida.

Para os grupos industriais essa decisão pode ser um grande problema, visto que o controle ambiental nesse setor será mais rígido nos Estados Unidos. Um encontro entre três juízes se baseou em pesquisas científicas para definir que esses gases colocam a saúde humana em perigo. Eles alegaram que a agência seguirá os procedimentos adequados no desenvolvimento de regulamentos focados na redução das emissões dos veículos e indústrias.

Ambientalistas e Democratas celebraram o resultado como uma vitória relevante para a ciência. Já os grupos industriais e muitos Republicanos informaram que irão reverter esta questão na justiça e no congresso. Eles alegaram que a agência americana baseou-se nas análises o Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC). O argumento é que a EPA teria delegado indevidamente sua decisão ao IPCC.  

Porém o tribunal de recurso não levou em frente essa argumentação, a qual consideraram  “pouco mais do que um truque semântico". Os juízes escreveram: "A EPA não delegou, explicitamente ou de outra forma, qualquer tomada de decisão. A EPA simplesmente fez aqui o que ela e outros tomadores de decisão muitas vezes precisam fazer num julgamento baseado na ciência: ela procurou e revisou evidências científicas existentes para determinar se a constatação se justificava”.

Fonte:
O Globo


02 de julho de 2012