GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Escolas flutuantes garantem ensino mesmo durante períodos de enchentes na África


Por causa das grandes e frequentes inundações na região de Makoko, na Nigéria, o arquiteto Kunie Adeyemi, da NLE, criou escolas sustentáveis e que são ao mesmo tempo flutuantes e assim podem abrigar até 100 crianças independentemente de fenômenos naturais.

O projeto possui 10 metros de altura e três andares, isso tudo é claro, construído sobre um base de 32 metros quadrados que flutua com a sustentação de 256 tampores reaproveitados. Além disso, toda a madeira utilizada na construção das escolas é reutilizada; a escola ainda conta com um playground, salas de aula e espaços para aulas ao ar livre.

Por ser “independente de qualquer fenômeno natural” a escola não precisa depender de luz e de água, já que cada estrutura contará com paineis solares e um sistema de captação de água da chuva, que é filtrada em seguida e usada nos banheiros.

Desse modo, com as escolas flutuante, as crianças da região não ficarão sem aulas mesmo em períodos críticos de alagamento, podendo se chegar até o local usando barcos ou canoas. Com o foco na sustentabilidade, o projeto criado por Kunie Adeyemi custam menos do que as escolas construídas em terra firme.

Fonte:
Hypeness


23 de junho de 2014