GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

É empresário? A Desenvolve SP financia iniciativas sustentáveis de pequenas e médias empresas


A preocupação com o meio ambiente entre as empresas já não se resume a um diferencial de mercado, mas a uma questão de sobrevivência – tanto do próprio negócio quanto das futuras gerações. E se investir na adaptação de processos pode custar caro, a boa notícia para as pequenas e médias empresas paulistas é que é possível reduzir o seu impacto ambiental com a ajuda da Desenvolve SP, a agência de fomento do estado de São Paulo, que financia a juros baixos e longos prazos o crescimento de uma economia mais sustentável.

No mercado de crédito, as agências de fomento são uma alternativa aos bancos de varejo. Seja para investir na ampliação ou modernização de um negócio, elas oferecem condições de financiamento muito mais competitivas para os empresários. “E quando a intenção é tirar do papel um projeto de com características voltadas à preservação ambiental, os incentivos são ainda melhores”, diz Milton Santos, presidente da Desenvolve SP.

Nos últimos anos, a instituição já desembolsou mais de R$ 160 milhões para projetos verdes de empresas paulistas. A taxa de juros parte de 0,53% a.m, atualizada pelo IPCA, e prazo de até 10 anos, sendo dois de carência para começar a pagar. “São condições únicas para os empresários que buscam diminuir desperdícios, reduzir custos e aumentar a eficiência do seu negócio”, explica Santos.

Atualmente, existem 16 agências de fomento no país, cada uma com linhas próprias de financiamento para apoiar o pequeno e médio empresário. A lista completa pode ser conferida no site do Banco Central ou da Associação Brasileira de Desenvolvimento.

Não é lixo, é negócio

O que muitos enxergam como lixo, outros consideram oportunidade de negócio. Esse é o caso da Recinert Ambientale, empresa paulista que há quase uma década atua com a reciclagem de resíduos da construção civil. “De forma geral, a preocupação com o meio ambiente no Brasil é recente. Só depois de muita insistência, da apresentação de estudos de viabilidade econômica para que contratassem nossos serviços e do boom imobiliário que houve em São Paulo é que conseguimos iniciar esse mercado por aqui”, diz Vinicius Buso, sócio-diretor da empresa.

Hoje, depois de assinar contratos com as 20 maiores construtoras do País, a Recinert Ambientale recicla cerca de 100 mil m³ de entulhos todos os anos. A fim de dar conta da demanda, buscou recentemente a Desenvolve SP para financiar a compra de novas máquinas. “Transformamos o problema do descarte dos entulhos e resíduos da construção civil em atividade sustentável, gerando redução de custos para nossos clientes e receita para nós”,  conta Vinicius.

Descarte consciente

O descarte correto de resíduos é “marca registrada” da Marcamp, empresa de Campinas cujo carro-chefe é a venda e locação de empilhadeiras. De olho na economia verde, a empresa encaminha baterias, óleo, pneus e estopas para companhias credenciadas pelo governo, além de ter construindo uma nova sede totalmente alicerçada em conceitos sustentáveis como redução do uso de energia elétrica e reaproveitamento de água. Em outra frente, a empresa contou com a Desenvolve SP financiar a aquisição de uma frota totalmente movida a etanol. Somente no primeiro ano da iniciativa, mais de 126 toneladas CO² (Dióxido de Carbono) deixaram de ser emitidos pela companhia – cálculo feito pela empresa fornecedora do combustível.

Novos mercados

A postura verde das empresas também fomenta a abertura de novos modelos de negócios. Indústrias que precisam tratar seus resíduos, por exemplo, têm de contratar outra, especializada nesse serviço, para conseguir atender exigências legais que surgem a todo momento em prol do meio ambiente. A Polo Ambiental, de São José dos Campos, nasceu com este propósito  e já trata os efluentes de mais de 80 companhias. Para dar conta de uma demanda crescente, já contou com um financiamento da Desenvolve SP para ampliar suas instalações e adquirir máquinas e equipamentos.

Pontos para quem recicla

Transformar o descarte de resíduos sólidos em benefícios para o consumidor. Essa é a proposta da Triciclo, empresa paulista responsável pela criação da Retorna Machine, uma máquina inovadora de coleta de latas e garrafas pet que está fazendo sucesso em cidades paulistas. "Criamos a Triciclo com a missão de encontrar soluções criativas para o desenvolvimento sustentável, inserindo entidades públicas e privadas dentro desse contexto. O legal da Retorna Machine é o fato de estar integrada com um programa de fidelidade, onde os pontos advêm do descarte correto e podem ser trocados por diversos produtos e serviços, como bilhetes de transporte, descontos em contas de luz e em livrarias, por exemplo”, explica Felipe Cury, sócio-fundador da empresa.


Desenvolve SP

19 de julho de 2017