GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Desertificação avança no mundo, mas ainda é possível agir


A desertificação ganha terreno no mundo, mas não é uma fatalidade e muito depende da política adotada pelos governos, afirmou nesta terça-feira o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em reunião durante a Assembleia Geral anual das Nações Unidas.

 

Quarenta por cento das terras do mundo são áridas ou semi áridas e dois bilhões de pessoas dependem destes solos para a sua subsistência.

 

A cada ano são perdidos 12 milhões de hectares de terras produtivas, segundo a Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação (UNCCD).

 

Segundo a ONU, a questão da desertificação abarca o desaparecimento de terras onde as populações tinham a capacidade de plantar ou criar gado e que se tornaram áreas áridas onde vivem 2,3 bilhões de pessoas de quase 100 países.

 

Graças a campanhas de informação, espera-se que até 2018, 30% da população mundial estejam conscientes do problema da desertificação e da degradação dos solos.

 

Para ler a matéria na íntegra acesse o Portal PNUMA. O PNUMA é parceiro do Green Nation na busca por um mundo mais sustentável.

 


22 de setembro de 2011