GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Descoberta aponta que elefantes reconhecem predadores humanos pelo som de sua voz


A capacidade cognitiva dos elefantes se mostra cada vez maior através das pesquisas. Em um estudo realizado no Parque Nacional de Amboseli, no Quênia, pesquisadores britânicos descobriram que os animais são capazes de reconhecer grupos de predadores humanos a partir do som de sua voz. A descoberta sugere a possibilidade dos mamíferos distinguirem grupos étnicos, sexo e faixa etária de seus predadores.
 
No estudo, os pesquisadores reproduziram para os elefantes gravações de vozes de tribos da região: os Massai, criadores de vacas e cabras que competem com os elefantes pelo acesso à água e pasto, e os Kamba, agricultores que representam uma ameaça muito menor. A experiência revelou que os elefantes têm um comportamento muito mais defensivo quando escutam as vozes dos Massai em relação aos Kamba. Além disso, o estudo também registrou um comportamento menos arredio por parte dos elefantes quando esses ouviam vozes de mulheres e crianças da tribo Massai.
 
Estudos anteriores apontam ainda que os elefantes africanos reagiam com temor ao cheiro da roupa de homens Massai. Os animais também se mostram agressivos diante de tecidos vermelhos, a cor típica dos Massai. A idade dos elefantes analisados foi de 25 a 60, com uma predominância de fêmeas. Já que a hierarquia da espécie é matriarcal, os machos abandonam os grupos na adolescência, quando estão entre os 12 e 15 anos.
 
Fonte:


11 de março de 2014