GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Cúpula dos Povos: Segundo dia.


Veja o que vai acontecer no segundo dia de atividades da Cúpula dos Povos:

 

Atividades Culturais:
 
Palco principal
19h: Tais Feijão
19h45: Entra na Roda – O Som das Comunidades
20h25: TAMBORZADA – Companhia Folclórica do Rio-UFRJ
 
Anfiteatro
19h: Poesia – Ellas & Os Monstros – A Boca Lips
19h30: Juliano Juba
20h15: Montanha Russa
 
Palco menor
10h: DAUA PURI – Contacao de Historias Indigenas
11h: Kariri Xoco / Danca Tore – Eliana Rebelo
12h: Poesia Domingos Ailton
13h: Ateliê Oficina de Xequere / Livia Souza Vidal
15h: Jongo Coletivo Griot
18h: Cortejo e Poesia / Marina Mara
19h: Ratos Di Versos / Dalberto Gomes
 
Palco médio
10h: Do Oiapoque ao Chui o Brasil E Ben Aqui
13h: Ponto De Cultura de Arraial Do Cabo
16h: CAPOEIRA / Mestre Paulao
18h: BIODANZA / Leila Maria De Almeida
20h: Dizer Poesia No Bairro Peixoto / Marisa Queiroz
 
Palco maior
10h: Grupo Cultural Tarrafa Eletrica
11h: Exu: Ecologia Das Existencias Diferenciadas
14h: Coral Da vila Olimpica Da Mare
15h: Trupe Sonora Casa de Orates
16h: Djuena Tikuna e Grupo Maguta / Musica Indigena
17h: Coligacao ZEM
19h: Cia Arquitetura de Movimento / Andrea Jabor
 
Áreas livres (atividades móveis)
10h: Rio Alegria + 60
13h: ”Vagabundo” / Ospália
Tenda Ágora Ambiental (Museu da República)
10h: Aula de Língua e Cultura Tupi Guarani
14h: Coral D’ammour
15h: Roda de Convivência – Ponto de Cultura Tocando o Rio
16h: Bare Manauara – Contação de Histórias Indígenas
18h: Fusões Orientais – Dança tribal
19h: Nelson Moralle – voz e violão
20h: Lançamento do Livro “Grap” e Coquetel
 
Mostra de filmes – Sala Multimídia do Museu da República (60 lugares)
13h – Bora, Gente! Visita ao Povo Tembé, as Quebradeiras de Coco Babaçu e os Tiradores de Açaí – Andréa Borghi M. Jacinto e Eddie Souza Jr.
14h – Histórias  do Mar
14h30 – Etanol – Nós do Morro
15h – Estado de Resistência – Qual o Negócio do Agronegócio? Monocultura e Transgênicos – Berenice Mendes
16h – The Light Bulb Conspiracy – IDEC
18h – Pig Business : Food From Farms Not Factories – Tracy Worcester
19h – Tempo de Mudança – João Amorim
 
Laboratório de Comunicação Compartilhada
10h – 13h30: Informação, Comunicação e Territórios Indígena: aportes para o debate
Proponente: Fundación Ridcharí Indígena
Descrição:
Propomos uma oficina baseada em grupos de reflexão que construam aportes para a discussão sobre comunicação, relacionado-os com os territórios indígenas. O acesso, uso e gestão das tecnologias de informação alicerçam atualmente novos cenários nesses territórios. Serão discutidas as fortalezas e oportunidades dessas tecnologias, assim como suas debilidades e ameaças, decorrentes da visão mercantilista que fundamenta seu desenvolvimento.
 
13h – 14h: REDD em Terras  Indígenas
Proponente: Juventude Universitária pelas causas indígenas ( JUCI )
Descrição:
Distribuição de revista em quadrinhos para a população indígena presente no evento, com o tema: “Carbono é de Quem? Entenda como funciona o REDD”. O intuito da ação é explicar para os indígenas participantes do evento como funciona o mecanismo do REDD em terras indígenas, através da teatralização do tema.
 
15h – 17h: Laboratórios enredados: América Latina
Proponente: Mutirão da Gambiarra (MutGamb.org)
Descrição: A partir de uma desconferência entre participantes do Laboratório na Cúpula dos Povos, do LabSurLab 2012 (Quito – Equador) e do CIGAC (Conferência Internacional de Gestão Ambiental Colaborativa – Sousa, Paraíba), serão discutidos pontos de vista acerca de laboratórios de mídia, arte e ciência que façam uso de tecnologias livres na América Latina, assim como suas possibilidades de interação e de produção em rede. O LabSurLab é um espaço de experimentação tecnosocial onde se abordam modelos de organização aberta, educação e criação coletiva, além de metodologias transdisciplinares e experiências de inovação social urbana. Já o CIGAC promove um diálogo dinâmico entre as ciências da gestão ambiental, as redes colaborativas e a inovação social, explorando o papel das tecnologias da informação em rede e de metodologias colaborativas para o desenvolvimento de soluções sustentáveis para questões ambientais e sociais.
 
 
Acompanhe também a programação do II Fórum Mundial de Mídia Livre, que acontece no Campus da Praia Vermelha da UFRJ:
 
9h abertura – Auditório Pedro Calmon
O II Fórum Mundial de Mídia Livre e a Rio+20: A luta da comunicação e da cultura como bens comuns
 
11h – Painéis simultâneos
Eixo 1 – Direito à Comunicação – Auditório Pedro Calmon
Temas em debate: acesso à informação; liberdade de expressão; liberdade na internet; agressões a jornalistas; criminalização da mídia livre; conglomerados mundiais de comunicação e o discurso hegemônico sobre desenvolvimento
 
Eixo 2 – Apropriação Tecnológica – Auditório CPM
Temas em debate: novos modelos organizacionais e econômicos; protocolos livres; liberdade de internet; espectro livre e tecnologia digital (rádio e TV digital); formação para apropriação tecnológica
 
14h – Painel Eixo 3 – Políticas Públicas – Auditório Pedro Calmon
Temas em debate: comunicação e democracia; marcos regulatórios; padrões internacionais e boas práticas de regulação; sistema público de comunicação; rádios comunitárias; rádios livres; sustentabilidade das mídias livres
 
16h – 18h Atividades autogestionadas
 
Oficina de Vídeo em Celular – Cinema Nosso – Laboratório TV (CPM)
 
Imagem da Mulher na Mídia – Coletivo de Mulheres Ana Montenegro – Sala 202 (Módulo)
 
Protocolos para as redes livres II – Alquimídia, Soylocoporti e Coredem – Sala 203 (Módulo)
 
Oficina Inclusiva – Escola de Gente – Sala Pontão (CPM)
 
Partilhando informação, rede de intercâmbio e mídias livres: como colocá-los ao serviço das resistências e da transição? – Coredem, Ritimo, Ejoussour, Bastamag, Foro China Europa – Sala 2 (Módulo)
 
Oficina de rádio Maluco Beleza – Saúde mental e comunicação – Sala 1 (Módulo)
 
Espectro Aberto e Radio/TV Livre – Rádio Muda – Sala 108 (Palácio Universitário)
 
O impacto da mídia livre nas lutas sociais e criminalização da pobreza – Sala 201 (Módulo)
 
De todo canto pra todo canto: Rádio Muzaiko, uma nova rádio comunitária internacional via internet – Laboratório de Rádio (CPM)
 
O Poder da Imagem – Reflexões sobre Fotografia e Documentario + Exposição Revolver (v.t. 1. Agitar em vários sentidos; agitar. 2. Examinar cuidadosamente. 3. Revirar.) – Auditório CPM
 
Democratizar a comunicação para o Bem Viver – ALAI, ALER, Minga, Barao de Itararé e Enlace de Medios para la Democratización de la Comunicación – Auditório Pedro Calmon
 
 
18h – 20h Exibição de vídeos – Auditório CPM
Cúpula do Rio – Imagens e pensamentos da juventude carioca / Simone Colucci / 3min
Trailler do Documentário Carioquinhas da Gema / Simone Colucci/ 3min
O petróleo tem que ser nosso – Última Fronteira/ Rafael Duarte/ 15min
Usar o anarquismo/ Arquivo Nacional/ 8min
Vozes do Clima/ Augustin Kammerath / 18min
Witess no Rio/ Augustin Kammerath / 5min
É tudo mentira/ Augustin Kammerath / 12min
Território de Sacrifício ao Deus do Capital – O Caso da Ilha da Madeira/ Silvio Cesar Alves Rodrigues / 20min
 
Para mais informações e programação completa das Atividades Autogestioadas, acesse o site oficial da Cúpula dos Povos.


16 de junho de 2012