GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Cuidados necessários com uso de adoçantes


Para alguns, optar pelo adoçante é sinônimo de saúde. Porém, nem sempre isso é verdade.

Confira os grupos de pessoas que devem tomar cuidado ao consumir esse tipo de produto:

 

- hipertensos: substâncias comumente encontradas em adoçantes e também em bebidas de baixa caloria contém sódio e não são indicadas para hipertensos. São elas: sacarina e ciclamato.

- gestantes: devem evitar o consumo dos edulcorantes pois ainda não existem estudos que comprovam a segurança do uso dessas substância diante do processo de desenvolvimento do feto. Mais vale ter um cardápio equilibrado.

- crianças: um organismo em desenvolvimento não está pronto para lidar com doses frequentes de edulcorantes.

- diabéticos: devem conversar com médico para acompanhar o uso dos edulcorantes. É possível que uma pessoa se adapte melhor a um determinado tipo de adoçante.

 

A melhor dica é ler rótulos e entender o efeito da substância no corpo. Os principais tipos de edulcorantes são:

- Aspartame: não indicado para quem não consegue absorver o aminoácido fenilanina. Essa incapacidade é detectada em exames médicos

- Acessulfame-K: não indicado para quem tem deficiência renal

- Estévia: algumas fórmulas que contêm estévia acompanham outros tipos de edulcorantes. É bom ficar atento para esse aspecto pois o estévia nem sempre tem um sabor agradável

- Maltodextrina: não indicado para diabéticos pois contêm açúcares.

Fonte: Terra Alimentação


25 de fevereiro de 2013