GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Comunidades isoladas no Brasil recebem energia solar


 

Após instalar redes de energia elétrica para atender uma demanda de quase 12 milhões de moradores rurais, o Programa Luz para Todos quer atender cerca de 30 mil comunidades isoladas, localizadas principalmente na região Norte do país. Para chegar até esses locais, o Ministério de Minas e Energia está investindo em energias alternativas, em especial  a solar.
 
O equipamento  já funciona em comunidades do Amazonas, nos municípios de Novo Airão, Eirunepé, Beruri, Barcelos, Autazes e Maués, atendendo a 222 residências, com investimento total de R$ 5,5 milhões. “Hoje estamos com a parte mais difícil do programa, principalmente porque as pessoas estão muito dispersas, especialmente na região Norte, então é muito difícil atender”, o secretário de energia elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner.
 
De acordo com Grüdtner, suprir as localidades isoladas com energia solar é mais em conta financeiramente do que fazer a ligação por extensão de rede, que exige a instalação de postes e linhas de transmissão em áreas muito afastadas. “A gente usa o que for mais em conta, não vamos utilizar a opção de energia mais cara. Se busca sempre fazer a forma mais econômica, dentro de um padrão de qualidade”.
 
O Programa Luz para Todos  também está utilizando cabos subaquáticos para as comunidades de ilhas fluviais e oceânicas, além de postes de fibra que, por flutuar e poderem ser transportados até em canoas, facilitam o deslocamento principalmente na região amazônica. A intenção do projeto até 2014 é fazer 716 mil ligações.
 
Fonte:


16 de maio de 2012