GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Comunidade próxima do local onde será a Rio+20 libera esgoto não tratado no rio


 

Com pouco mais de um mês para a realização da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável algumas situações insustentáveis estão acontecendo próximo ao local do evento. A comunidade de Francisco de Assis, de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio, está jogando esgoto não tratado no Arroio Pavuna, rio que margeia a comunidade e desemboca na Lagoa de Jacarepaguá, em frente ao Riocentro, onde acontecerá a Rio+20.
 
O lugar é um dos exemplos entre centenas de comunidades brasileiras que não têm sistema adequado de coleta e tratamento de esgoto. Isso acaba causando problemas de saúde a população.
 
A Agência Brasil visitou a comunidade e avistou um grupo de cinco crianças que brincavam às margens do rio, que tem a aparência de um valão, cheio de esgoto e lixo. "Nessa favela, o esgoto vai todo para dentro desse rio. A gente tem medo de doença. Na minha casa, em abril do ano retrasado, a água veio na minha cintura. Um vizinho já pegou cólera e um outro teve hepatite” - contou um morador da comunidade.
 
Outra questão alarmante é a infestação de roedores.  A  líder comunitária Ana Maria Costa está batalhando para conseguir fazer um saneamento básico direito.
 
Responsável pelo saneamento na região, a Fundação Rio-Águas informou que a comunidade Francisco de Assis será atendida ainda neste semestre por um pacote de intervenções de manutenção de esgoto que está em licitação na prefeitura. Entre as intervenções que serão feitas estão serviços de desobstrução e reparo na rede. 
 
Fonte:


02 de maio de 2012