GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

CNBB contra reforma no código florestal


Dom Dimas Lara Barbosa secretário-geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), afirmou publicamente a posição da CNBB em relação ao novo código florestal. Segundo Dom Dimas, a CNBB se preocupa com alguns pontos do texto em tramitação, entre eles a anistia para pessoas que cometeram crimes ambientais e a redução dos limites ambientais. Ele acrescentou que o novo código ambiental deveria tratar com mais respeito as populações ribeirinhas, povos indígenas e quilombolas.

 



Segundo a Folha, o bispo disse ainda que a CNBB está trabalhando para discutir formas alternativas ao relatório: “Nossa preocupação é que não seja votado de forma superficial, apressada”.

O relator do novo código florestal em tramitação na Câmara, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), admitiu que o texto pode ser aperfeiçoado. Mas ele defendeu que a proposta atual protege os ribeirinhos e indígenas ao reduzir a área de preservação ambiental na beira dos rios. Segundo o deputado, pela legislação atual, as populações ribeirinhas são consideradas ilegais.

 

fontes: Folha.com, CNBB
 


16 de março de 2011