GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Cidade paulista recebe sistema subterrâneo de lixo


A cidade de Paulína, no interior de São Paulo, é a primeira do Brasil a receber um sistema ecológico de lixeiras especiais com coletores instalados no subsolo das calçadas. Desenvolvido pela empresa Sotkon, de Portugal, o sistema permite reduzir custos da coleta em até 30%, utilizando menos mão de obra, deslocamento de veículos e energia.

De acordo com o diretor geral da Sotkon Brasil, Sergio Machado, o sistema consiste de recipientes em aço inoxidável, colocados na superfície sobre grandes contentores subterrâneos que comportam três metros cúbicos de lixo, equivalente a três mil litros. O projeto foi concebido focando ergonomia, facilidade de utilização, higiene e segurança. Uma grua hidráulica de pequenas dimensões automáticas, colocada no teto da caixa de recolha do caminhão tradicional, permite que se faça tanto a coleta dos contêineres subterrâneos como dos contentores tradicionais de rua.

Nascido na Espanha, este tipo de sistema se propagou rapidamente por todo mundo por causa da facilidade. Sendo um sistema modular, as lixeiras tradicionais podem ser substituídas pelos coletores e mais conjuntos podem ser acrescentados para atender demandas locais. É fácil de limpar e manter e evita a infiltração da água.

O contentor é preenchido de forma equilibrada em razão da montagem central da lixeira. O sistema permite e estimula a separação de lixo desde a origem, incentivando a reciclagem e a diminuição de resíduos a serem enviados para o aterro. A redução do número de coletas é devido ao tamanho dimensionado de três metros cúbicos.

Saiba mais:
Ciclo Vivo


13 de dezembro de 2011