GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Catadores recebem capacitação para a Copa


O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha receberá setenta catadores que vão trabalhar na coleta de materiais recicláveis durante os jogos da copa. Os trabalhadores iniciaram hoje (11) um curso de formação, oferecido por uma empresa patrocinadora do mundial. O diretor de Assuntos Governamentais da Coca-Cola Brasil para a Copa do Mundo, Victor Bicca, explica que durante o treinamento eles receberamm informações sobre o manuseio de equipamentos e o tipo de lixo que deve ser recolhido. “Como eles vão se comportar, como vai ser feita a coleta, para onde vai ser encaminhado o lixo que vai ser coletado. Depois, a gente encaminha isso para a cooperativa que vai fazer a  triagem e o tipo de material que eles vão usar durante o trabalho nos estádios”.

Catadores de Natal, no Rio Grande do Norte, e de Belo Horizonte, em Minas Gerais, também já passaram pela capacitação. Aline Souza, associada à Cooperativa Recicla Brasília, acredita que a inclusão social vai ser o maior benefício durante a Copa para quem vive da reciclagem.

O presidente da Central de Cooperativas de Materiais Recicláveis do Distrito Federal, Ronei Alves, trabalhou no Mané Garrincha durante jogo da Copa das Confederações e participa do treinamento para a Copa do Mundo. “A gente não tem visto muita dificuldade no recolhimento dos resíduos nos eventos no estádio. Na realidade, se o resto da capital do país fosse como no estádio, a coleta seletiva teria mais sucesso”, observou Alves.

Todo o material recolhido durante os jogos vai ser vendido e deve voltar para a indústria como matéria-prima. A multinacional responsável pelo treinamento dos catadores estima que, em cada partida, sejam produzidas em média 5 toneladas de lixo reciclável.

Saiba mais em Agência Brasil.


11 de março de 2014