GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Capacetes corretivos para bebês acabam se tornando acessórios divertidos na mão de artista


Nascer com um problema congênito é com certeza complicado, principalmente para os pais, que estão sempre atentos à alegria de seus pequenos. Um desses problemas é a plagiocefalia posicional (ou cabeça achatada), que acontece depois do nascimento, pelo bebê passar muito tempo em uma posição que coloca pressão em uma parte do crânio, muito mácio e flexível nesse momento. Foi aí que a artista Paula Strawn viu um jeito de ajudar crianças ao mesmo tempo em que difunde sua arte pelo mundo.
 
Após receber o pedido de uma amiga, para deixar "essa coisa feia" (o capacete) da neta em algo mais bonito, Paula decidiu que faria isso por todas as crianças que pudesse. Ao longo de mais de 10 anos, a artista já soma mais de 11 mil desenhos, e a artista diz ainda que mudar a aparência dos capacetes, além de deixá-los mais amigáveis e bonitos, abre margem para os pais das crianças poderem explicar às pessoas que perguntam sobre o objeto usado na cabeça dos bebês, mostrando o quanto essa condição é tratável. Veja abaixo fotos dos desenhos da artista:
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte:


31 de março de 2014