GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Brasil terá a primeira usina de algas marinhas


O Brasil receberá a primeira usina de biocombustível à base de algas marinhas no final de 2013. A primeira fazenda de algas será construída em Pernambuco, que utilizará as emissões de carbono no processo de produção, informou o chefe do projeto.

Para que a usina entre em funcionamento e produza anualmente 1,2 milhão de litros de biodiesel de algas, além dos 2,2 milhões de etanol, é necessário CO2, que será captado das chaminés da indústria que processa a cana-de-açúcar, reduzindo as emissões do gás para o meio ambiente.

De acordo com o Rafael Bianchini, diretor da subsidiária brasileira da empresa austríaca SAT, o gás carbônico  é essencial para o crescimento das algas. "O CO2 acelera o processo de fotossíntese das algas, que têm um forte componente oleoso que produz e gera o combustível" - explicou.

Bianchini alegou que a intenção é aproveitar  a grande emissão de carbono desperdiçado na produção de etanol de cana. "Para cada litro de etanol produzido, é liberado um quilo de CO2 para o ambiente. Vamos aproveitar este gás por meio de um mecanismo para alimentar a nossa fazenda" - disse.

O projeto de combustível de algas aguarda a autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Fonte:
Amazônia


23 de julho de 2012