GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Bicho do Dia: Rola-do-Cabo


Streptopelia capicola – Também conhecida como rola-de-colar, a rola-do-Cabo é uma das mais abundantes e difundidas da África Subsaariana. Vive em regiões semiáridas, campos, savanas, cerrado e matas, além de áreas rurais e até mesmo centros urbanos.

A plumagem é predominantemente em tons de cinza e marrom. O peito é rosado e apresenta penas negras e azuladas nas asas. A cauda possui penas brancas, visíveis apenas durante o voo. Apresenta uma faixa negra na nuca. O bico e os olhos são negros, enquanto que as pernas e patas são roxas. Mede até 26,50 centímetros de comprimento e pesa até 188 gramas, sendo os machos maiores do que as fêmeas.

Tem hábitos diurnos e pode formar bandos numerosos próximos aos poços de água. Costuma banhar-se para se refrescar. Longe dos bebedouros, vive solitária ou em casais. Alimenta-se de sementes, frutas, folhas e às vezes alguns artrópodes, como minhocas e cupins, por exemplo.

É uma ave muito barulhenta e os sons variam dos tradicionais arrulhos a rosnados. Quando em bando, vocaliza constantemente e o som emitido é mais alto. Pode cantar também ao anoitecer.

Na época de reprodução, o macho exibe-se para a fêmea agitando seu corpo, eriçando suas penas, abrindo as asas e inflando o pescoço. Nidifica nas copas das árvores. O ninho é uma pequena plataforma construída com gravetos e grama seca. Pode reutilizar o mesmo ninho por vários anos ou usar ninhos abandonados por outras aves. A fêmea bota de dois a quatro ovos, que são incubados pelo casal por até duas semanas. Os filhotes não apresentam o colar negro na nuca e a plumagem é mais clara.

Não é uma espécie ameaçada de extinção. É uma das pombas mais comuns do continente e se adaptou à vida na presença de humanos.
 
Conheça o site Notícia Animal.


28 de janeiro de 2014