GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Bicho do Dia: Gavião-de-cauda-curta


Buteo brachyurus – Apesar do nome (tanto popular como científico), a cauda desta ave de rapina não é tão curta como se imagina, e sim de comprimento médio em proporção ao corpo. O gavião-de-cauda-curta mede até 45 centímetros de comprimento, até um metro de envergadura e pode pesar até 600 gramas. As fêmeas são maiores do que os machos. A plumagem é bicolor, sendo a região dorsal, asas e cabeça negras, enquanto que peito, pescoço e região ventral são brancos. Há, no entanto, indivíduos quase completamente negros. A cauda apresenta faixas claras intercaladas com escuras.

 

 
Vive em campos, florestas, matas ciliares e até mesmo centros urbanos. Pode ser encontrado do sul dos Estados Unidos até a Argentina. No Brasil, habita quase todo o território.
 
Tem hábitos diurnos e vive solitário ou em casais. Passa a maior parte do dia planando a grandes altitudes, vasculhando seu território à procura de alimento.
 
Alimenta-se principalmente de outras aves. Caça realizando voos rasantes nas copas das árvores.
 
Durante o período de reprodução, o macho faz uma série de voos de exibição para a fêmea. O ninho é construído nas copas das árvores mais altas. A fêmea bota, em média, dois ovos, que são incubados por até 39 dias. Cabe ao macho fornecer alimento e proteção à família.
 
Não é uma espécie ameaçada de extinção. As populações deste gavião têm-se mostrado estáveis em seu habitat natural além de ter se adaptado à vida nas cidades. 

Conheça o site Notícia Animal.


31 de março de 2014