GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Besserman provoca: cuidar da natureza é questão de sobrevivência como espécie


Besserman é economista e ecologista carioca, presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura do Rio de Janeiro e professor do departamento de economia da PUC-Rio. É também comentarista de sustentabilidade e economia urbana de diversos veículos de comunicação, membro do conselho de organizações não governamentais que tratam do tema e ocupou ainda, entre outros cargos, a  diretoria de planejamento do BNDES , a presidência do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e do IPP (Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos).

Em sua apresentação no Green Nation Fest chamou atenção para a ancestralidade da vida diante da presença do ser humano. Ressaltou que os ciclos de vida da natureza vão além das intervenções humanas. A pretensão de salva-la é equivocada afinal a Terra não depende dos homens para existir.

Ele sugeriu reflexões diversas a partir de práticas cotidianas e pela revisão de conceitos abstratos. Afirmou que a humanidade vive um de seus maiores desafios e somente a conexão holística com a história pode inspirar ações realmente sustentáveis. A atitude de cada um faz toda a diferença.

O consumidor consciente, por exemplo, pode contribuir muito para preservar os recursos naturais e melhorar a qualidade de vida. Um aspecto importante da sua fala deve ser ressaltado: as mazelas resultantes do aquecimento global não afligem a todos com a mesma intensidade. Alguns sofrem mais. Não raramente, quem paga o maior preço é quem tem menor pegada ecológica. Uma injustiça que só o compromisso holístico pela vida pode abrandar.

 

Besserman em sua apresentação no festival.


08 de junho de 2012