GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Aterro de Gramacho reabrirá como um grande polo de reciclagem


Fechado em junho deste ano, o aterro sanitário de Gramacho, localizado no Rio de Janeiro e o maior da América Latina, será reaberto com novos objetivos para a reciclagem. O secretário estadual de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, Carlos Minc, assinou no dia 22 de junho um convênio com a Secretaria Nacional de Economia Solidária, do Ministério do Trabalho e Emprego (Senaes/MTE) de mais de nove milhões de reais para a realização do projeto de Inclusão Socioprodutiva do Rio de Janeiro.

Minc assinou ainda, junto com Fundação Banco do Brasil e com o Banco Nacional de Desenvolvimento um termo que compromete a criação do polo, que levará o nome de Polo de Reciclagem de Gramacho. De acordo com o secretário, com a construção do polo, os catadores poderão se especializar e trabalhar em galpões, centros de triagem e coletas seletivas.

Para o presidente da Associação dos catadores de Jardim Gramacho, Sebastião Santos, a iniciativa possibilitará que o bairro passe por um processo de reestruturação. Cerca de R$ 1,5 milhão, obtidos pela secretaria do Meio Ambiente, e mais R$ 3 milhões serão investidos pela Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), por meio da Petrobras, para a construção do polo.

Além disso, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) doou uma área de 41 mil metros quadrados por 20 anos para realização do projeto, que se concretizou graças às reinvindicações dos catadores de lixo do aterro sanitário de Gramacho.

Fonte:
eCycle


03 de julho de 2012