GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

As 10 cidades mais poluídas do mundo


Ahvaz (Irã)
Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a cidade iraniana de Ahvaz detém o recorde e obtém a triste medalha de cidade mais afetada pela poluição do ar no mundo.
 
 
Oulan-Bator (Mongólia)
A capital da Mongólia, Ulaanbaatar, tem apenas um milhão de habitantes, mas mesmo assim, hoje é uma das cidades mais poluídas do mundo.
 
 
Linfen (China), a poluição do carvão.
Quatro milhões, tráfego de automóvel muito denso, uso excessivo de carvão em casas e fábricas e usinas de energia são as razões desta poluição.
Em decorrência do tráfego e do uso excessivo de carvão para a produção de energia Linfen entra para a lista das mais poluídas
 
 
Dzerjinsk (Rússia)
Dzerzhinsk foi eleita pelo “Guinness Book Of World Records ", a cidade mais poluída quimicamente no mundo." Resíduos de um complexo industrial de armas químicas (poluentes químicos, sarin, gás VX, chumbo, etc) são a principal razão para esta situação.
 
 
Cidade de México (México)
A capital do México, com nove milhões de pessoas, é responsável por 1,5% das emissões de gases de efeito estufa do mundo. As principais razões para isso são o tráfego extremamente pesado e sua situação geográfica: a cidade foi construída em uma bacia cercada por várias cadeias de montanhas.
 
 
Lagos (Nigéria)
Lagos, uma das maiores cidades da África, tem a poluição como uma verdade inconveniente. A cidade, por causa da queima de resíduos, gera uma nuvem tóxica permanente. O ar torna-se ainda mais abafado e sufocante devido ao tráfego pesado. 
 
 
Haina (Republica dominicana)
Esta cidade na República Dominicana tem os solos totalmente poluídos por chumbo em decorrência da atividade industrial.
 
 
La Oroya (Peru)
A indústria de fundição de metal fez de La Oroya uma das cidades mais poluídas do mundo. Chumbo, cobre, sulfato de zinco e diversos outros materiais ainda são encontrados na terra.
 
 
Chernobyl (Ucrânia)
Tristemente famosa por causa do desastre nuclear de 1986, a cidade ainda é altamente radioativa e continuará sendo por muitos anos. Apesar do perigo, milhares de pessoas ainda estão instaladas na terra radioativa.
 
 
Fukushima (Japão)
No dia 11 de marco de 2011, um tsunami provocado por um terremoto de magnitude nove na costa japonesa  danificou irreversivelmente a usina nuclear de Fukushima
 
 
Fonte:
Redação Green Nation


17 de março de 2014