GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

Artista denuncia poluição na china


Retornando de uma viagem de negócios na França, um artista de Pequim revoltado contra a má qualidade do ar na capital chinesa, particularmente poluída, leiloou um frasco de vidro contendo o ar puro coletado em Provence, na França. O preço do vaso de ar chegou a 5,250 dólares yuan (€ 610). Essa performance do jovem artista faz parte de um movimento global de protestos artísticos que vem se desenvolvendo na China nos últimos meses, sobre a questão da qualidade do ar no país.
 
"O ar deve ser uma mercadoria sem valor, de livre acesso a todos, incluindo aos sem-teto e mendigos. Esta é a minha maneira de denunciar o ar sujo da China, e de manifestar o meu desagrado ", disse Liang Kegang para a centena de artistas e colecionadores presentes.  O leilão foi vencido por Li Yongzheng, um artista e empreendedor nascido em Chengdu, China central, e fã do trabalho de Liang Kegang.
 
A cidade, na qual a poluição do ar atinge frequentemente níveis muito superiores ao nível de advertência da Organização Mundial de Saúde, está quase permanentemente imersa no "smog", uma espessa nuvem de partículas nociva.
 
Fonte:
Redação Green Nation


17 de abril de 2014