GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

A ajuda não pode parar


A ajuda dos voluntários e dos doadores foi fundamental para que a região serrana não sofresse ainda mais com as perdas provocadas pelas chuvas e pelos deslizamentos.

Porém, apesar da grande mobilização, os centros de apoio aos desabrigados ainda precisam de ajuda. Grande parte das roupas e alimentos doados estão se acumulando por falta de voluntários para ajudar na seleção.

A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec), por meio da Subsecretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), está organizando a oferta de profissionais voluntários para atuarem nas regiões afetadas. Representantes da subsecretaria estiveram, pessoalmente, em Nova Friburgo e em Teresópolis, em várias datas a partir de 12 de janeiro, dia seguinte à tragédia, para levantar a demanda. No período, ocorreram reuniões com representantes das Secretarias Municipais de Saúde, do Ministério da Saúde, do Ministério Público, do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar, para identificar as principais necessidades das vítimas.

Como se tornar um voluntário:

Inicialmente, para mobilizar profissionais que tivessem interesse em atuar como colaboradores na Região Serrana, a Secretaria de Saúde e Defesa Civil se concentrou em fazer contato com instituições, como UERJ, UFRJ, Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj), Conselho Regional de Enfermagem do Estado do Rio de Janeiro (Coren-RJ) e empresas particulares, disponibilizando listas de voluntários. A partir daí, os profissionais se candidatam e a respectiva instituição controla a convocação interna. A secretaria alimenta um banco de profissionais colaboradores e encaminha esses voluntários cadastrados para os municípios, que ficam encarregados do contato final. O objetivo é apoiar os municípios na formação das equipes multiprofissionais itinerantes para atendimento nos abrigos. Até o momento, 110 profissionais voluntários de diversas áreas já percorreram municípios da Região Serrana, atuando no atendimento primário aos desabrigados.

Mais informações

Segundo informações divulgadas hoje na primeira edição RJ TV, as unidades de Itaipava e Teresópolis são as que mais precisam de voluntários. Faça sua parte, ajude e divulgue esse chamado.


03 de fevereiro de 2011