GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Notícias

50 anos de WWF


Durante a comemoração que reuniu os funcionários e apoiadores da Rede WWF em Zurique, na Suíça, para celebrar meio século de existência da organização, o convidado de honra, arcebispo Desmond Tutu – um defensor antigo do desenvolvimento justo e sustentável – alertou para o fato de que nós vivemos hoje num mundo ameaçado pela ganância e o consumismo, mas soou otimista ao afirmar que acredita que a humanidade seja capaz de aprender a viver dentro de seus limites.

Desde 1961, a Rede WWF tem ajudado a viabilizar a proteção de mais de um bilhão de hectares (na forma de parques e reservas), a recuperação de diversas espécies que estavam à beira da extinção e a captação de mais de um bilhão de dólares para financiar o trabalho de conservação ambiental. A organização conta, hoje, com o apoio de mais de cinco milhões de pessoas e atua em mais de 100 países de cinco continentes.

A presidente da Suíça, Micheline Calmy-Rey, destacou as realizações da Rede WWF e afirmou que a organização é vital no mundo de hoje.

Durante o evento de gala realizado em Zurique, os convidados ouviram a presidente mundial da Rede WWF, Yolanda Kakabdse, resumir os avanços obtidos na conservação da natureza durante esse último meio século. “Quando a Rede WWF foi fundada não havia ministros do meio ambiente nem qualquer tratado internacional nessa área. Hoje os governos em todo o mundo contam com ministros do meio ambiente e cada vez mais se utilizam tratados para fazer a governança e a proteção do meio ambiente”, afirmou Kakabdse.

O Diretor Geral da Rede WWF, Jim Leape, lembrou os convidados sobre o motivo pelo qual eles estavam ali e sobre o trabalho que ainda precisa ser feito para se alcançar um mundo justo e sustentável para todos. “Sem nossos esforços, o mundo seria hoje muito mais pobre; no entanto, é irônico e cruel que, por mais que se tenha alcançado, ainda é preciso encontrar uma maneira de fazer mais. Precisamos achar uma maneira de frear as linhas que definem nosso futuro – carbono, água, recursos pesqueiros, erosão da biodiversidade; o tecido da vida está cada vez mais frágil. Temos que achar uma nova maneira de estabelecer ligações com a natureza."

 



Os convidados presentes ao evento de gala – organizado para agradecer aos funcionários e às pessoas que apóiam a organização no mundo todo – foram brindados com apresentações de teatro, dança e música, instalações de arte e um coral infantil, tudo com temática ambiental e criado especialmente para a ocasião. A Rede WWF destacou que o evento foi patrocinado pela Chopard (fabricante de relógios de luxo) e o banco Sarasin.

 

fonte: WWF-Brasil


03 de maio de 2011